TAG | Doenças Literárias

14:10

Oi, meus geeks! Como vão?
Hoje tem TAG! Uhuuu! Adoro fazer, e sei que vocês adoram ler <3 A tag de hoje é a de Doenças Literárias, que é super simples. Para cada doença, nós citamos um livro. Vamos lá!

01. Diabetes: um livro muito doce
Adoro livros doces, isso não vou negar. Mas escolher um entre tantos... Então, fiz a coisa mais obvia. "Mamãe mandou eu escolher esse daqui"... E o escolhido foi A Seleção, da Kiera Cass. É um livro que é impossível você não se apaixonar e suspirar a cada capítulo. É um livro que eu indico pra todo mundo, com certeza (principalmente pra aqueles que querem uma dose extra de açúcar)!

02. Catapora: um livro que você só irá ler uma vez
São raros os livros que não gosto de reler, porque, na maioria das vezes, eu acabo me apegando à história e aos personagens. Mas claro, há exceções. E vou citar duas. Eu, Você e a Garota que Vai Morrer, de Jesse Andrews, é um livro absolutamente monótono e cansativo para ler. Sem falar que os personagens não são cativantes, e o final é ruim.
Já o segundo livro é Toda Luz que Não Podemos Ver, de Anthony Doerr. O livro em si não é ruim, juro. A história é realmente boa e os personagens são legais. Mas é um livro cansativo. Não por ter mais de 500 páginas, já que os capítulos são pequenos e isso proporciona uma leitura mais rápida. É simplesmente porque na maioria dos capítulos nada acontece. E o final (também) não é muito bom.
Esses livros são aqueles que você lê não por prazer, e sim por obrigação, não vendo a hora de terminar. É uma leitura frustrante...

03. Amnésia: um livro que você leu e não se lembra
Quatro, da série Divergente, de Veronica Roth. Li faz mais de um ano, e não me lembro de absolutamente nada, só que li mesmo.

04. Gripe: um livro contagioso
Livro modinha? Livro modinha. Gente, quer livro mais contagioso que A Culpa é das Estrelas? Claro que já foi muito mais, mas até hoje onde você anda encontra alguém lendo o livro mais famoso dooo John Green. Sem falar que, pra gente que não gosta de ler (nojinho dessas pessoas), só existe esse livro, né não? Só sabe falar dele, cruzes!

05. Asma: um livro que te tirou o fôlego
Em Chamas, da trilogia Jogos Vorazes, de Suzanne Collins. Pra mim é o livro mais emocionante e cheio de ação da série, que te prende e te faz querer ler "só mais um capítulo". Apesar de eu preferir A Esperança, que fala não mais dos Jogos, e sim do emocional e do emadurecimento de Katniss e dos outros personagens (e gente, esse livro tem mais mortes, então é mais legal mesmo).

06. Insônia: um livro que você virou a noite lendo
Tiveram muitos livros assim, senhor! Mas vou escolher Fallen, da série da linda Lauren Kate. Terminei de ler eram quase quatro horas da manhã, e quem disse que eu consegui dormir depois? Fiquei lembrando do final, sem conseguir acreditar no que tinha acontecido. Quem já leu sabe do que tô falando...

07. Alergia: um livro que você lê constantemente
Não que eu viva lendo, pois só li uma vez (apesar de eu estar com o plano de ler pelo menos uma vez ao ano). Mas Mosquitolândia, do David Arnold, é o livro que eu tiro direto da estante pra ler alguns trechos. É um dos meus livros preferidos, que recomendo pra todo mundo! Leia a resenha do livro aqui.

08. Má Nutrição: um livro que você se esqueceu de comer pra ficar lendo
Simplesmente Acontece, da Cecilia Ahern, que não me deixava fazer nada, nem beber água, nem ir ao banheiro... Acho que foi um dos livros que li mais rápido, e até hoje tenho uma paixão forte pelo história. Ah, e o filme é uma porcaria se comparado ao livro, obrigada, de nada.

09. Doença de Viagem: um livro que te lembre/você relacione com uma viagem
Fiquei em dúvida em dois, mas escolhi Cidades de Papel, do John Green. Da segunda vez que li, terminei o livro num passeio da escola, mesmo com o barulho no ônibus e as insistentes tentativas dos meus amigos de me puxarem pra realidade.

10. Ressaca: um livro que te deixou na cama muito tempo pra se recuperar
Ah... tantos. Mas entre os mil e um que eu poderia citar, acho que vou escolher Como Eu era Antes de Você (gente, não é novidade), porque me deixou quase uma semana inteira chorando, e só de lembrar ainda dói. Falando nisso, cadê junho que não chega? Quero o filme logo, por favor. Leia a resenha do livro aqui.

Por hoje é só, queridos. Ah, quero desafiar o Daniel, do Guias de Um Leitor, a fazer essa tag também! E gente, se vocês tiverem gostado, podem comentar. Comentários sempre são bem vindos. Se quiserem fazer essa Tag nos comentários também, vou adorar ver!

Beijos e livros,
Emy :D

You Might Also Like

0 comentários