TOP 5 | Autismo e Livros Azuis

14:39


Oi, gente! Quem aqui ainda tá de pijamas? Sim! Porque acordei há pouco tempo, porque estou com a mínima vontade de tirá-lo e porque ficar de pijama em um domingo é super gostoso, ainda mais quando tá chovendo e fazendo frio <3
Gente, acho que vocês devem saber que ontem foi o Dia Mundial da Conscientização do Autismo, que acontece desde 2008. Pra quem não sabe, o autismo é uma síndrome que afeta o desenvolvimento em três importantes áreas: comunicação, socialização e comportamento.
Nunca convivi com autistas, mas sou bastante familiarizada. Minha mãe, que é professora, já trabalhou com crianças autistas. São crianças absolutamente normais, e que precisam ser vistas como tal, e isso se encaixa também aos adolescentes, adultos e idosos <3
Pra homenageá-las, decidi hoje postar um Top 5 de livros com a capa azul, pois azul é a cor do autismo (e minha cor preferida, por sinal *-*).

5. O Menino do Pijama Listrado, de John Boyne
Imagem relacionada
Bruno tem nove anos e não sabe nada sobre o Holocausto e a Solução Final contra os judeus.Também não faz ideia de que seu país está em guerra com boa parte da Europa, e muito menos de que sua família está envolvida no conflito. Na verdade, Bruno sabe apenas que foi obrigado a abandonar a espaçosa casa em que vivia em Berlim e mudar-se para uma região desolada, onde ele não tem ninguém para brincar nem nada para fazer. Da janela do quarto, Bruno pode ver uma cerca, e, para além dela, centenas de pessoas de pijama, que sempre o deixam com um frio na barriga.
Em uma de suas andanças Bruno conhece Shmuel,um garoto do outro lado da cerca que curiosamente nasceu no mesmo dia que ele. Conforme a amizade dos dois se intensifica, Bruno vai aos poucos tentando elucidar o mistério que ronda as atividades de seu pai. 'O Menino do Pijama Listrado' é uma fábula sobre amizade em tempos de guerra, e sobre o que acontece quando a inocência é colocada diante de um monstro terrível e inimaginável.

4. A Culpa é das Estrelas, de John Green
Resultado de imagem para a culpa é das estrelas livro
Hazel é uma paciente terminal. Ainda que, por um milagre da medicina, seu tumor tenha encolhido bastante - o que lhe dá a promessa de viver mais alguns anos -, o último capítulo de sua história foi escrito no momento do diagnóstico. Mas em todo bom enredo há uma reviravolta, e a de Hazel se chama Augustus Waters, um garoto bonito que certo dia aparece no Grupo de Apoio a Crianças com Câncer. Juntos, os dois vão preencher o pequeno infinito das páginas em branco de suas vidas.

3. A Esperança, da trilogia Jogos Vorazes, de Suzanne Collins
Resultado de imagem para a esperança livro
Depois de sobreviver duas vezes à crueldade de uma arena projetada para destruí-la, Katniss acreditava que não precisaria mais lutar. Mas as regras do jogo mudaram - com a chegada dos rebeldes do lendário Distrito 13, enfim é possível organizar uma resistência. Começou a revolução. A coragem de Katniss nos jogos fez nascer a esperança em um país disposto a fazer de tudo para se livrar da opressão. E agora, contra a própria vontade, ela precisa assumir seu lugar como símbolo da causa rebelde. Ela precisa virar o Tordo. O sucesso da revolução dependerá de Katniss aceitar ou não essa responsabilidade.

2. A Seleção, da trilogia com o mesmo nome, de Kiera Cass
Imagem relacionada
Para trinta e cinco garotas, a “Seleção” é a chance de uma vida. Num futuro em que os Estados Unidos deram lugar ao Estado Americano da China, e mais recentemente a Illéa, um país jovem com uma sociedade dividida em castas, a competição que reúne moças entre dezesseis e vinte anos de todas as partes para decidir quem se casará com o príncipe é a oportunidade de escapar de uma realidade imposta a elas ainda no berço. É a chance de ser alçada de um mundo de possibilidades reduzidas para um mundo de vestidos deslumbrantes e joias valiosas. De morar em um palácio, conquistar o coração do belo príncipe Maxon e um dia ser a rainha. Para America Singer, no entanto, uma artista da casta Cinco, estar entre as Selecionadas é um pesadelo. Significa deixar para trás Aspen, o rapaz que realmente ama e que está uma casta abaixo dela. Significa abandonar sua família e seu lar para entrar em uma disputa ferrenha por uma coroa que ela não quer. E viver em um palácio sob a ameaça constante de ataques rebeldes. Então America conhece pessoalmente o príncipe. Bondoso, educado, engraçado e muito, muito charmoso, Maxon não é nada do que se poderia esperar. Eles formam uma aliança, e, aos poucos, America começa a refletir sobre tudo o que tinha planejado para si mesma — e percebe que a vida com que sempre sonhou talvez não seja nada comparada ao futuro que ela nunca tinha ousado imaginar.

1. Extraordinário, de R.J. Palacio

Resultado de imagem para extraordinário livro
August Pullman, o Auggie, nasceu com uma síndrome genética cuja sequela é uma severa deformidade facial, que lhe impôs diversas cirurgias e complicações médicas. Por isso, ele nunca havia frequentado uma escola de verdade - até agora. Todo mundo sabe que é difícil ser um aluno novo, mais ainda quando se tem um rosto tão diferente. Prestes a começar o quinto ano em um colégio particular de Nova York, Auggie tem uma missão nada fácil pela frente - convencer os colegas de que, apesar da aparência incomum, ele é um menino igual a todos os outros.


E é isso! Lembrando que a ordem dos livros não são de meus preferidos, porque se fosse, eu não saberia pôr em ordem :P Amo todos, igualmente. Queria mandar um abraço apertado pra todos os autistas e pra as pessoas que têm a sorte de conviver com eles, porque são uns tesouros <3 E agora, quero desafiar o Dani, do Guias de Um Leitor, e a Manu, de Pensamentos Agridoces, pra fazer esse Top 5 também <3

(Aliás, quero lembrar que começou abril! Esse mês, daqui há uma semana, é meu aniversário, e espero ganhar muitos presentes (interesseira? Não, imagina :v). Enfim...)



Abraços de urso,

Emy *-*

You Might Also Like

0 comentários