Querida Eu do Passado...

10:50

Querida eu do passado,

não ache que é fácil escrever para você. Sei que sabe que odeio falar sobre mim mesma, e escrever para "alguém" que eu já fui é ainda mais complicado. Mas enfim...
Sabe quando você se pergunta se tudo isso vai valer a pena? A resposta é: sim, vai. Por isso, peço que não ligue para quem te julga, para quem acha que o que você faz não levará a lugar nenhum. Eles estão absolutamente enganados. Acredite quando digo que você alcançará seus objetivos.
Você também vai crescer. Ou melhor, amadurecer. Em conceitos principalmente. Vai começar a gostar de coisas que antes não dava valor, mas nunca vai deixar de gostar das coisas que já gostava. Vai aprender a defender aquilo que acredita e a buscar informação naquilo que não entende muito bem. Também vai aprender a reconhecer os verdadeiros amigos no meio de vários que dizem que gostam de você. Não serão muitos, mas os que ainda estarão com você são especiais. Vai descobrir também que há pessoas que valem a pena, e conhecerá muita gente legal. Vão ser amigos que estarão com você a qualquer momento, que te farão rir até o estômago doer, que te ajudarão a aliviar ou até mesmo esquecer os seus problemas, e que te farão se sentir em casa. Serão como uma segunda família para você. Então, por favor, quando os conhecer, grave bem fundo na mente o momento. Aposto que não vai querer esquecer dele por nada nesse mundo.
Mas você sabe que, na nossa vida, nada são flores. Sempre que tudo está bem, algo vem e tudo parece desmoronar. E meu Deus. Você vai fazer tanta merda. Mas sei que você já sabe que, quando isso acontece, conseguimos reverter a situação. Tudo de ruim que já aconteceu com a gente resulta em algo bom depois, não é? Então, tudo vai ficar bem.
Sei que você quer saber de muitas coisas, mas acredito que, se eu contasse tudo o que está se passando comigo agora, estragaria a surpresa que é viver. Então, tudo o que eu digo é: apenas viva. Sorria. Se divirta. Aproveite. Ame. Chore. Sinta. Leia. Cante. Dance. Escreva. Minha nossa, escreva muito.
Mas, querida eu do passado, se sua pergunta principal for: "Tudo vai dar certo no final?", sinto muito, ainda não sou capaz de responder.
Aliás, acho que vamos conviver com essa dúvida por muito, muito tempo.
Acredite, eu também estou louca pra descobrir.

Abraço apertado,
Eu (ou você, tanto faz)

Ideia tirada do blog Pensamentos Agridoces

You Might Also Like

4 comentários